Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

AS 10 CIDADES MAIS PERIGOSAS DO MUNDO

Mäyjo, 23.11.15

As 10 cidades mais perigosas do mundo (com LISTA)

San Pedro Sula, uma cidade de um milhão de habitantes nas Honduras, é o local mais violento e perigoso do mundo, de acordo com um relatório das Nações Unidas: cerca de 1.200 pessoas são assassinadas por ano, um número superior do que o existente em algumas zonas de conflito.

Segundo o estudo, que tem dados de 2011 e 2012, a taxa de homicídios é de 169 por cada 100 mil habitantes, um número superior ao de todas as cidades da América do Norte ou Joanesburgo (África do Sul), São Paulo (Brasil) ou Lagos (Nigéria). Para termos uma noção do que representam estes números, Londres (Inglaterra) tem 1,3 homicídios por 100 mil pessoas, Portugal tem 1,2.

As estatísticas de San Pedro Sula explicam-se, de acordo com pesquisas de grupos de desenvolvimento social e segurança, com o grande crescimento urbanos nos últimos 20 anos. De acordo com Robert Muggah, director de pesquisa do Instituto Igarapé, do Brasil, quanto mais crescem as cidades, maior é a probabilidade de as autoridades civis perderem o controlo e os gangues armados “roubarem” a organização urbana.

“Já tínhamos os Estados fracos, agora temos as cidades fracas. A velocidade e aceleração de urbanizações desreguladas é hoje o maior factor da violência urbana. O rápido fluxo de pessoas não permite a resposta pública. A urbanização tem um efeito de desorganização e cria espaços para a violência urbana florescer”, escreveu Muggah no jornal Environment and Urbanization.

Em pouco tempo, nos anos 20, a população de San Pedro Sula passou de 10 mil para 100 mil – hoje, o número já está em um milhão e continuará a crescer nos próximos anos.

Muggah prevê que uma violência idêntica irá inevitavelmente espalhar-se para outras cidades frágeis, que estão agora a aparecer no mundo em desenvolvimento. Muitas estão já a experienciar enormes taxas de violência e, brevemente, centenas de outras cidades se juntarão.

Segundo a ONU, cerca de 60.000 pessoas morrem, todos os anos, em zonas de guerra. Nas cidades, este número é de 480.000, sobretudo por armas. “Muitas zonas urbanas estão a tornar-se novos territórios de conflito e violência”, explicou Muggah.

As cidades europeias e Norte Americanas, as que mais cresceram nos últimos 150 anos, deverão manter-se assim nos próximos anos e permanecerão relativamente seguras. O mesmo não acontecerá com as cidades africanas, asiáticas e sul-americanas.

 

Lista das 10 cidades mais violentas do mundo, segundo a ONU

 

1.San Pedro Sula (Honduras): 169 homicídios por 100 mil habitantes

2.Acapulco (México): 142 / 100.000

3.Caracas (Venezuela): 118 / 100.000

4.Torreón (México): 94 / 100.000

5.Maceió (Brasil): 85 / 100.000

6.Santiago de Cali (Colômbia): 79 / 100.000

7.Nuevo Laredo (México): 72 / 100.000

8.João Pessoa (Brasil): 71 / 100.00

9.Port Moresby (Papua Nova Guiné): 54 / 100.000

10.Kingston (Jamaica): 52 / 100.000

 

Foto: kristin klein / Creative Commons